VOLTAR
GRAFITE EM SP

Arte nas ruas: Conheça os Principais Grafites de São Paulo

  • BECO DO BATMAN - Vila Madalena

O bairro Vila Madalena é um cenário incrível onde a boemía convive em perfeita harmonia com as cores dos grafites, que estão por todos os lados. Lá fica o Beco do Batman, uma das principais referência da cidade.
Localizado nas Rua Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, o Beco reúne uma grande diversidade de painéis e desenhos, feitos principalmente por artistas brasileiros e teve seu apelido inspirado na pintura do homem-morcego (abaixo) encontrada no local no começo da década de 80.


A pintura chamou a atenção de artistas e estudantes, que começaram a fazer desenhos nas vielas do bairro.
Atualmente, os desenhos são renovados frequentemente, o que torna possível ir visitar o local diversas vezes e encontrar obras inéditos.

 


 

  • EDUARDO KOBRA

Conhecido pelas cobras vivas de seus desenhos, o muralista brasileiro Eduardo Kobra, junto com a equipe do Studio Kobra, cria murais tridimensionais em vários pontos da cidade de São Paulo. 
Além disso, o artista realiza diversas obras e exposições fora do Brasil.

Confira algumas das principais pinturas realizadas por Kobra na cidade de São Paulo:

 

  1. Lateral da Igreja do Calvário - (R. Cardeal Arcoverde com R. Henrique Schaumman)​​

  1. Oscar Niemeyer - Praça Oswaldo Cruz próximo ao fim da Avenida Paulista

  1. Chico Buarque e Ariano Suassuna - Paredes laterais da Fnac, Rua Pedroso de Moraes 
  2. Ayrton Senna - Rua Consolação, 2608 (na esquina com a Av. Paulista, em frente à Praça José Molina

     
  3. Einstein - "Genial é andar de bike" - Rua Oscar Freire
  4. Pensador -  Senac Tatuapé, R. Cel. Luís Americano
  5. Club 27 - Rua Sumidouro, Pinheiros

No grande painel com realismo impressionante, Eduardo Kobra homenageia seis artistas falecidos aos 27 anos membros, portanto, do clube dos 27: Janis Joplin e Amy Winehouse, Jimi Hendrix e Jean-Michel Basquiat e Jim Morrison e Kurt Cobain:



 

 
 

  • BECO DO LIRA - Pinheiros

 Como o Beco do Batman, o Beco do Lira é um espaço onde há street art por todos os lados! Localizado na Rua Paulo Gontijo de Carvalho, 583, o Beco surgiu após o encerramento das atividades do Teatro Lira Paulistana, um importante membro da cena cultural paulistana. 
Como forma de presentar os moradores e visitantes da região, empresas presentes no local decidiram transformar os fundos do antigo teatro em um espaço de arte de rua para pessoas interessadas em arte, cultura e novidades.



 
 
 

  • AVENIDA 23 DE MAIO

Ao longo do viaduto Jaceguai e na saída para a avenida 23 de Maio é possível ver uma série de grafites.A começar pelos arcos da pequena rua liga o viaduto com a avenida 23 de Maio. Quem passa por lá pode ver a obra feita por Mauro Neri da Silva, conhecido como Moura.

Nesta obra, Mauro faz um jogo de palavras com "Ver a cidade" ou "Veracidade". Essa duplicidade é característica das obras do artista, que podem ser encontrada em vários pontos da cidade de São Paulo, como muros, escadarias e bancos de praças.
Quem chega à saída da Avenida 23 de Maio vê grande intervenção feita pelos artistas Nina Pandolfo, Nunca e Osgemeos. A obra, feita em conjunto pelos três artistas, não tem nenhuma mensagem específica, mas merece um tempo para ser contemplada e ter sua beleza apreciada.

   

 

  • TIETÊ

A canalização cinza e vazia do Tietê serviu de cenário para o artista estampar seus "flops" (nome dado pelo artista aos desenhos azulados com linhas e curvas, que podem lembrar desde canos a ondas, flores etc). Além da parte externa, também existem desenhos nas partes internas dos canais, que, infelizmente, não podem ser vistas pelos visitantes.
 



Outros Roteiros