Novas regras para bagagem nas viagens aéreas

Novas regras para bagagem nas viagens aéreas

Vigente desde abril deste ano, as novas regras da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para franquia de bagagem trazem mudanças importantes para os viajantes.

Agora as companhias aéreas não são mais obrigadas a oferecer franquia de bagagem de 23kg para voos nacionais e de dois volumes com até 32kg para voos internacionais. Com as novas regras elas podem cobrar pela bagagem despachada, como uma taxa extra, como se fosse uma taxa de embarque. Além disso, o peso permitido para a bagagem de mão mudou: antes era de até 5kg e agora passou para 10kg.

FD-despachar-malas-viagem

Confira o que mudou em cada uma das companhias:

Azul:
Liberado: Uma bagagem de mão de até 10kg.
Bagagens despachadas de até 23kg podem ser incluídas por R$30 nas compras pelo site da Azul ou R$50 diretamente no aeroporto.

Gol:
Liberado: Uma bagagem de mão de até 10kg.
Bagagens despachadas de até 23kg podem ser incluídas por R$30 a primeira, R$50 a segunda e R$60 a terceira nas compras pela internet e R$60 a primeira, R$100 a segunda e R$120 a terceira diretamente no aeroporto.

LATAM:
Liberado: Uma bagagem de mão de até 10kg.
Bagagens despachadas de até 23kg podem ser incluídas por R$50 a primeira, R$80 a segunda e R$110 a terceira nas compras pela internet e R$80 a primeira, R$110 a segunda e R$200 a terceira diretamente no aeroporto.

Avianca:
A Avianca decidiu não cobrar a taxa extra no início da vigência. Portanto, está liberado uma bagagem de mão de até 10kg e uma bagagem despachada de até 23kg.