Ilha de Boipeba

Ilha de Boipeba

Uma ilha cercada de um lado pelo oceano e de outro pelo estuário do Rio do Inferno. Parece assustador? Mas o que você encontrará em Boipeba é exatamente o oposto: o paraíso!

A Ilha de Boipeba está inserida no Arquipélago de Tinharé, que compõe o município de Cairu, ao sul da Bahia e por conta de seu riquíssimo patrimônio natural foi integrada à Área de Preservação Ambiental em 1992. As lhas de Tinharé e Boipeba foram reconhecidas pela UNESCO como Reserva da Biosfera e Patrimônio da Humanidade, estando inseridas no Corredor Central da Mata Atlântica.

FD-cenario-ilha-boipeba

A flora é formada de floresta densa da Mata Atlântica, restinga, dunas, extensos manguezais e praias fabulosas com coqueirais e recifes de grande valor ecológico e paisagístico.

O nome da ilha m’boi pewa – é uma palavra tupy que quer dizer “cobra chata”, em referência à tartaruga marinha. No arquipélago é possível fazer snorkeling nas suas maravilhosas piscinas naturais. Porém não é possível fazer mergulho com cilindro, pois na ilha não há recarregador de ar comprimido.

Dica fabulosa: se você for na alta temporada, prefira as piscinas naturais de Bainema, que são menos conhecidas que as de Moreré.

Boipeba possui 20 km de praias e é possível conhecer toda a orla em um dia num agradável passeio a cavalo.

FD-vegetacao-boipeba

A principal e mais movimentada praia da ilha é Boca da Barra, onde chegam as lanchas e catamarãs e, também, onde estão a maioria das pousadas e o único posto médico existente. Vale ressaltar que Boipeba não possui hospital.

Depois da Boca da Barra tem a praia de Tassimirim, uma praia mais vazia, bastante pequena e com pouquíssimas pousadas. Não há restaurantes ou outros serviços nesta praia.

A praia da Cueira tem águas esverdeadas e as mais agitadas da ilha, que não chega a ter ondas que atraiam surfistas por lá. Mas a grande e imperdível atração desta praia é o restaurante do Guido. Estrelado pelo Guia 4 Rodas, é o maior a céu aberto do mundo. O prato mais famoso é a lagosta no abacaxi, mas todos os outros pratos são igualmente deliciosos.

Entre a praia da Cueira e Moreré há um canal e é importantíssimo se atentar à maré para ir de uma praia à outra. Quando a maré sobe a travessia só é possível a nado e há forte correnteza no local, bem como ouriços e conchas que podem causar ferimentos.

praia-morere-boipeba

A praia de Moreré é considerada a mais bonita da ilha. Para chegar da praia da Boca da Barra até Moreré pode-se ir a pé (com atenção à maré) ou pegar um trator.

Em Moreré há várias pousada e alguns restaurantes mas nenhum lugar desta praia aceita cartão. Aqui é possível se sentir literalmente no paraíso. Águas de um azul transparente, mornas e calmas compõem a paisagem.

A partir de Moreré, em cerca de uma hora de caminhada chega-se a Bainema, praia de águas esverdeadas e límpidas. Aqui não há pousadas nem bares. Apenas um pequeno quiosque com opções de bebida e comida bastante limitadas.

FD-praia-bainema

Com tantas belezas naturais certamente vale o esforço de se chegar a Boipeba. Nesta ilha você encontrará toda a paz que precisa para se reenergizar além de pessoas muito simpáticas para prosear. A ilha não possui delegacia de polícia, mas nem precisa. Não há crimes registrados por lá. É pura diversão sem preocupação!

Importante:
Não entra carro ou moto na ilha.
A ilha não possui nenhum caixa eletrônico e pouquíssimos lugares aceitam cartão, estando sujeito à disponibilidade da instável Internet local. Recomenda-se levar em dinheiro toda a quantia que se pretende gastar.