Eu já fui no show dos Beatles

Eu já fui no show dos Beatles

Hoje é Dia Mundial do Rock! Sabem por que? Em 1985 aconteceu um mega evento musical neste dia, o Live Aid. Dois shows foram organizados ao mesmo tempo, nos EUA e na Inglaterra, para reunir fundos contra a fome na Etiópia. Vários caras e bandas supimpas estiveram presentes, como Queen, David Bowie, Elton John, Rolling Stones e muitos outros. Mas tinha um participante que eu conheci anos atrás, quando estava em início de carreira: Paul McCartney!

Eu e a Gnomíe estávamos namorando ainda e viajávamos pela Europa. Passeando por Hamburgo, na Alemanha, visitamos o Clube Indra, um pub bem bacanudo, com música ao vivo. Tinha um quinteto tocando as baladinhas da época. O garçom disse que eram de uma cidade inglesa chamada Liverpool. Gnomíe gostou muito do baixista. Ela adora baixo (ainda bem, senão não teria chance, hahaha #piadadegnomo). Já eu achei que o vocalista tinha futuro. Perguntei pro garçom quem eram: “O cara tocando baixo se chama Paul, e o outro é o John”.

Anos depois, Gnomíe e eu fomos para os Estados Unidos. Quando chegamos em Washington, tinha uma multidão enloquecida na estação de trem! Muitas meninas gritando ao mesmo tempo, outras desmaiando. Eram os Beatles chegando na cidade. No meio daquele povo todo, a Gnomíe conseguiu ver a banda de perto e me disse que era a mesma que vimos em Hamburgo! “Como você sabe?” perguntei. “Aquele lá é o baixista, o Paul”.

Conseguimos ingressos para o show da banda. Eles tocaram no Washington Coliseum e foi o primeiro show que fizeram nos Estados Unidos. Quase não conseguimos ouvir as músicas, tamanha a gritaria! Desde então, os Beatles nunca mais saíram dos nossos fones de ouvido.

No final dos anos 60, eu e Gnomíe fomos para Londres, onde os Beatles moravam na época. Quando estávamos andando pela cidade, passamos na frente da Apple Corps, a gravadora da banda. Pensei “bem que eles poderiam aparecer por aqui hoje”. Foi quando começamos a ouvir uma música vindo de cima: os Beatles estavam no telhado, tocando para o público. Foi incrível! Pena que foi a última vez que se apresentaram juntos. 🙁

Até hoje, quando viajamos para Londres, gostamos de levar as crianças para conhecer os lugares por onde os Beatles passaram, como o Cavern Club e a Abbey Road. Deu até pra fazer uma foto como a capa do LP (vocês sabem o que é um LP? #gnomovelho).

E sempre que possível, vou com minha esposa nos shows do Paul McCartney. O turbilhão de memórias dos anos 60 que vem a nossa mente, com a união do talento desse músico tão fantástico são impagáveis!